OCG EM FOCO – ATRAVÉS DE DELAÇÃO PREMIADA NA OPERAÇÃO RISO ESCANCARADO, PALHAÇO ZIRIGUIDUM TELECOTECO DE ESQUINDÔ – LELE, SE TORNA ALVO DE INVESTIGAÇÃO.

13612125_821822121287204_4880594022119215239_n

 

EM ENTREVISTA EXCLUSIVA A ” FOLHA O BOBO DE SÃO PAULO”, O PALHAÇO INVESTIGADO ZIRIGUIDUM TELECOTECO DE ESQUINDÔ – LELE, FALA A NAÇÃO.

 

Nação Brasileira, amigos….

Todas as vezes em que me coloco a disposição dos meus, todas as vezes que me coloco na posição de um brasileiro com suas vestes, é com respeito, pois acredito que este ser humano é dotado de extrema humildade, sabedoria, aceitação, sua disposição seu caráter nos mantem em igualdade, assim me valo das várias situações que me coloco na posição do outro,(Gari, Motorista, Auxiliares, Médicos, Pedreiros, Padeiros, Bailarina, Politico, Empresário, Estudante e os mais variados representantes desta nação), sou um palhaço de origem brasileira, aceito minha condição de ser o que sou, aceito meu ridículo, minha pobreza, meu rico e vasto repertório em se inventar e se reinventar todas as vezes que assim for necessário, sendo nem mais e nem menos, nem maior e nem menor….

Este meu pedido é a você, que sem querer eu acredito usa ou se apodera da minha condição de “PALHAÇO”, para insultar, satisfazer suas insatisfações agredindo e denegrindo a minha imagem do PALHAÇO que sou, eu te peço reflita sobre seus atos, mobilize-se, faça valer os teus direitos sim, junto a nação.

“Teu direito ao desabafo e manifestações se perde a partir do momento que faz uso do direito alheio”

 

LEIA A ENTREVISTA, E AS BARBÁRIES DESCRITAS!!!

 

 

SÃO PAULO, 23 DE MAIO DE 2017.

ALGUNS TRECHOS DA ENTREVISTA CONCEDIDA A FOLHA O BOBO DE SÃO PAULO

Entrevistado – Palhaço Ziriguidum Telecoteco de Esquindô – lele

Repórter – DIREITOS PRESERVADOS

Perguntado ao Sr. Ziriguidum o porque ele se tornou alvo de uma investigação, o palhaço responde com tom irônico:

O MOTIVO PELO QUAL SOU INVESTIGADO?  SE DA PELO SIMPLES FATO DE NÃO ACEITAR DINHEIRO, ISTO MESMO, NÃO ACEITO DINHEIRO PARA REALIZAR MINHAS AÇÕES E ASSIM DESFRUTAR DE MOMENTOS TÃO BELOS E RICOS, COM PESSOAS E CIDADÃOS DE BEM, MENDIGAR DINHEIRO PARA CONTINUAÇÃO DE UM TRABALHO HOSPITALAR, ONDE NÓS SOMOS OS INVASORES…(SIM INVASORES), INVADIMOS O INTIMO DAQUELES QUE ESTÂO INFERMOS, COM SUAS DORES, SUAS DOENÇAS, EM LUGARES ATÉ MESMO IMPRÓPRIOS PARA O SEU TRATAMENTO, E DIGO MAIS –  MUITOS SEM TRATAMENTOS E O BÁSICO, O MAIS SIMPLES, SEM REMÉDIO, ATADURAS, CURATIVOS, ISTO SIM É RIDICULO, E AINDA QUEREM QUE EU ME VALA DESTE PRIVILÉGIO, DE TER PROJETOS APROVADOS, LEIS DE INCENTIVOS E TANTOS OUTROS, PARA CONTINUAR COM MINHAS VISITAS HOSPITALARES?       

Em mais um trecho da entrevista, foi perguntado ao Sr. Ziriguidum sobre sua arte, sobre cultura e sobrevivência, o palhaço responde com tom de alegria e muitos risos:

MINHA ARTE? SOU DESCENDENTE DE UMA ARTE MILENAR, O QUE SEI OU REPRESENTO VEM DOS MEUS ANTEPASSADOS, ELES SIM, TANTO FIZERAM PARA QUE A TRADIÇÃO TIVESSE UMA CONTINUIDADE NOS TEMPOS DE HOJE, A ARTE NÃO É MINHA SOU APENAS UM INTERLOCUTOR, CULTURA?  CULTURA PARA MIM, É TUDO AQUILO QUE NÃO DEPRESSIAMOS, QUE TRATAMOS COM VALOR E A ENRIQUECEMOS COM SABEDORIA, SABENDO PRESERVA-LA, SOBREVIVÊNCIA? TRABALHO.

No ultimo trecho, encerrando a entrevista o Palhaço Ziriguidum fala sobre o extremismo:

 

HOJE, NESTE MUNDO EM QUE VIVEMOS, TUDO É DEMASIADO AO EXTREMO, AS PESSOAS NÃO SE ENTENDEM, NÃO SABEM O NOME UMA DAS OUTRAS, ESTÃO DEIXANDO DE CUIDAR UMA DAS OUTRAS, E QUANDO OUTROS TENTAM CUIDAR, SÃO DEMASIADAMENTE ALVOS DE CRITICAS (ISTO TA ERRADO, POR QUE ISTO?, O DO POR QUE DAQUILO?, POR QUE NÃO O FEZ ASSIM?), E VOCÊ, EU, O QUE NÓS, ESTAMOS FAZENDO PARA MUDAR ISTO, TALVEZ NADA, BOM AGORA ESTOU DESABAFANDO (MAS FAZENDO ALGO)….

MEU NOME?

ZIRIGUIDUM TELECOTECO DE ESQUINDÔ – LELE, SOU UM DOUTOR PALHAÇO SORRISOLOGISTA, PRATICO A HUMANIZAÇÃO, EM LARES, ABRIGOS, CASA DE APOIO, HOSPITAIS E DENTRO DE MIM.

QUAL MEU PREÇO?

OPORTUNIDADE

 

“EU PALHAÇO SOU O ACERTO DE TODOS OS MEUS ERROS”

 

(A ENTREVISTA COMPLETA, SERA DISPONIBILIZADA MUITO BREVE EM NOSSAS PAGINAS SOCIAIS)

FOLHA O BOBO DE SÃO PAULO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>